In blog blogger mode lifestyle

30 coisas que aprendi antes dos 30

Resultado de imagem para enjoy life



Bom maltinha cá estou eu mais uma vez! Tenho alguns rascunhos de artigos que já tinha começado  a escrever mas que nunca cheguei a terminar e este estava entre esses rascunhos. Com isto tudo o tempo vai passando e já vamos a meio do segundo mês do ano. Entretanto é Natal outra vez! No entanto o mês passado eu completei 30 anos (não faço a mínima ideia de como cheguei aqui, ainda ontem tinha 18) o que me dá já alguma experiência de vida (cof, cof..).

Assim sendo hoje venho falar-vos exactamente disso. As 30 coisas que eu aprendi até aos 30 anos:

1. A vida é uma aprendizagem, nunca sabemos tudo.
2. Os pais não têm sempre razão, mas têm muitas vezes por isso vale a pena ouvi-los.
3. Vamos errar muito nesta vida. E não faz mal.
4. Não aprender com os erros que já cometemos é burrice.
5. Não aprender com os erros que os outros cometeram, também é burrice.
6. As coisas nem sempre são brancas ou pretas. Também há o cinzento.
7. Perguntar é a melhor forma de sabermos as coisas. Evita muitas confusões e erros.
8. Pedir desculpa é importante não só para os outros mas também para nós.
9. A forma como tratamos os outros diz muito sobre nós.
10. Não precisamos de muitos amigos, mas sim de bons amigos.
11. Bons amigos não dizem só coisas boas, mas também as menos boas que precisamos ouvir.
12. Nos piores momentos é que sabemos quem são os nossos verdadeiros amigos.
13. As relações, amorosas ou de amizade, têm que ser "alimentadas" para se manterem fortes.
14. Pequenos gestos contam mais que grandes feitos.
15. A vida nem sempre nos vai correr como pretendemos.
16. Quem espera sempre alcança. 
17. Fazer o mal não compensa.
18. É importante ser polivalente.
19. Nem sempre a pessoas querem o nosso bem. 
20. Nem sempre as pessoas querem a nossa opinião.
21. Nem sempre vamos trabalhar naquilo que gostamos.
22. Existe muita injustiça no mundo, e em alguma altura seremos nós os injustiçados.
23. Nem tudo é um drama. 
24. Há pessoas com problemas muito mais graves dos que os nossos.
25. Só para a morte é que não há solução.
26. Ser bem educado faz toda a diferença e não custa nada.
27. É importante termos objectivos e metas na vida.
28. Ás vezes vamos ter que desistir. Mas ao menos tentámos!
29. Ser criança ou adolescente é muito bom!
30. Viver não é difícil. Difícil é saber viver.

E é isto! Até sei algumas coisinhas! Se gostaram deste post e até aprenderam alguma coisa compartilhem nas vossas redes sociais. Deixem-me também o vosso comentário sobre o ponto que acharam mais interessante ou se querem que eu faça mais posts deste género.

Read More

Share Tweet Pin It +1

2 Comments

In beauty beleza makeup review

4 bases BB para pele negra



É certo e sabido que não é fácil encontrar bases para tons de pele negra. Mas desde que a nossa querida RiRi (aka Rihanna) lançou a sua linha de maquilhagem a Fenty Beauty que rebentou a escala a nível da variedade de tons para peles negras, muitas marcas decidiram também aumentar o seu leque de cores para peles negras. Apesar do alarido que se criou à volta da questão, a verdade é que sempre existiram marcas com vários tons para peles negras mas as que tinham maior variedade também eram as mais caras. Falamos de M.A.C, MUFE, Lâncome, Black Up, entre outras que custam na casa dos 40€. 
Mas o que o pessoal gosta mesmo é de produtos bons e baratos (BB). Por isso hoje trago-vos 4 bases BB para peles negras. Estamos como é óbvio a falar para o meu tom de negro (não há só vários tons de cinza), há tons mais escuros que talvez possam já não ter opção dentro destas marcas. Todas elas foram bases que eu já usei, algumas até já comprei mais do que uma vez. 

1 - Maybelline Dream Matte Mousse - 8 €

Resultado de imagem para maybelline dream matte mousse cocoa
Esta é uma das minhas bases preferidas de todos os tempos. A cor que eu uso é a Cocoa e este é o tom mais escuro que existe nesta base. Esta foi a primeira base da minha vida e recentemente a minha mãe que também usa a mesma base ofereceu-me uma. Eu continuo a amar porque o tom é mesmo o meu, e porque ela deixa a pele com um aspecto bem natural, é fácil de espalhar quer com esponja quer com pincel e é óptima para a minha pele oleosa.

2 - L'óreal True Match Foudation - 12€ - 14€
Resultado de imagem para l'oreal true match foundation n9 preço

Esta foi uma base que eu usei durante muito tempo também, mas só muito mais tarde é que eu me apercebi que o sub-tom não era o certo para mim. A cor que eu usava também se chamava Cocoa N9 e acredito que foi isso que me induziu em erro. Como eu usava a cocoa da Maybelline pensei que a cocoa da L'óreal ficaria bem também, no entanto esta era mais amarelada e o meu sub-tom é mais rosado. Mas pronto, vivendo e aprendendo. Na altura em que eu a usei que já foi há alguns anos este era o tom mais escuro, mas quando foi lançada a nova versão da True Match lançaram também mais alguns tons escuros.

3 - Inglot YSM - Young Skin MakeUp Foudation - 14€
Resultado de imagem para inglot ysm foundation 63

Esta foi a última base que eu comprei. E apesar de já estar na segunda embalagem, confesso que não morro de amores por ela. É uma relação amor/ódio acho. O tom que eu uso é o 63, mas acho que não é bem o tom certo. Da próxima vez vou tentar perceber se na loja da Inglot da minha cidade têm o tom 69 que foi lançado à pouco tempo e é mais escuro. Mas gosto da base porque é bastante leve e tem efeito matificante o que é óptimo para a minha pele oleosa.

4 - Inglot Cream Foudation - 18€


Resultado de imagem para inglot cream foundation 33
Esta foi outra base que eu amei usar. Eu comprei-a na Inglot do Colombo, mas depois aqui na Inglot da minha cidade não tinham o meu tom que era o 33, e foi isso que me levou a começar a usar a YSM. Sei que dentro desta gama existe pelo menos um tom mais escuro que é o 36. Mas noutras gamas da Inglot existem tons mais escuros ainda. Esta base é uma base de cobertura média/alta e deixa uma pele mesmo perfeita. 

Como eu disse no inicio, todas as bases que eu citei são bases que eu já usei! Mas posso citar algumas marcas que eu sei que têm bases de tons escuros e bem em conta como a Sleek Makeup, a NYX, a Quem Disse Berenice, e a Primark.

E vocês? Quais é que são as vossas bases BB preferidas? Contem-me TUDO!

Read More

Share Tweet Pin It +1

5 Comments

In afrohair beauty beleza cabelo review

Afro Hair | Creme Meus Cachos Rituais Fitagem - Review

Resultado de imagem para novex meus cachos fitagem

Se forem pesquisar os post mais antigos aqui do blog vão encontrar muita informação sobre cabelos afro porque este foi em tempos o tema principal do blog. E embora o blog agora aborde muitos mais assuntos dentro do tema Beleza, é claro que eu vou continuar a amar falar sobre o meu tipo de cabelo.
Com isto dito, hoje trago uma review de um produto que eu testei da linha Meus Cachos Rituais Fitagem da Novex. 

Este creme é um intesificador de cachos com azeite de oliva e manteiga de karité, e que oferece proteção solar. O produto promete  controle de frizz, cachos definidos e efeito condicionante.

A marca diz: " Se você é apaixonada por ativadores se surpreenda com o Fitagem Intensificador de Cachos. Ideal para todos os cachos inclusive os em transição. A fitagem é para deixar os caracóis definidos, como volume controlado e menos frizz. Se você quer deixar os cachos maravilhoso por muito tempo descubra o Intensificador de Cachos Fitagem da familia Meus Cachos Rituais e se prepare para divar."

A minha opinião: Eu tenho cabelo crespo do tipo 4A/4B e o creme não me deu a definição que eu esperava e que sei que consigo obter no meu tipo de cabelo. O meu cabelo nunca fica completamente definido só com o creme isso também tenho que ser sincera em dizer. No entanto já experimentei outros cremes que me deram mais definição. Por outro lado no meu cabelo o creme deixou resíduos brancos, e com o gel por cima ainda pior. Acredito que seja mais indicado para cabelo do tipo 3.

Ainda assim o creme tem aspectos positivos como o aroma que é super agradável e nada pesado ou enjoativo. Outro ponto positivo é que ele de facto hidrata e deixa o cabelo macio. Por esse motivo eu tenho usado o creme à mesma (aqui nada vai para o lixo, porque dinheiro não se deita fora). Uso-o  (geralmente em cabelo seco) como um creme hidratante normal e depois selo com um óleo. Eu faço isso agora na altura do inverno em que raramente uso o meu cabelo solto e definido.

Mais alguém por aí testou este creme? Qual o vosso feedback?

Read More

Share Tweet Pin It +1

0 Comments